Casa sobre a rocha

“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda”. (Mateus 7: 24-27; Lucas, 6: 46-49)

Nesta alegoria, Jesus compara a conduta de um homem prudente e sábio, que escuta as suas palavras e pratica os seus ensinamentos, com uma casa construída sobre a rocha, ou seja, aquele cristão que edificou o próprio caráter (a casa) em bases sólidas (rocha), escutando a palavra e praticando os seus ensinamentos.

Em outra direção, os cristãos insensatos, que ouvem as palavras divinas e não as cumprem, serão como a casa edificada na areia, em que a chuva, o vento e o rio arrastarão essa morada em grande queda.

Pelos ensinamentos e exemplos do Mestre Jesus, adquire-se a força moral necessária que impulsiona a evolução espiritual do ser, protegendo-o principalmente do peso das provações provocadas pelas tempestades da vida, sem se abalar pelas ilusões materiais.

A pessoa que ouve e coloca em prática a mensagem cristã revela-se como sendo sábia e prudente. Orientando-se pelo Evangelho, o Espírito se coloca acima das coisas transitórias, comuns da vida no plano físico, porque segue um roteiro moral e seguro.

Contudo, a edificação de valores espirituais eternos ergue-se pouco a pouco, juntando os insumos celestiais, mediante a perseverança e a vigilância necessária. A construção do caráter não se deve restringir às boas intenções, mas sim no esforço de combater as suas próprias imperfeições e más inclinações.

Quem conhece a verdade divina, livre de ideias preconcebidas, edifica a sua casa sobre a rocha, porquanto são eternas as palavras de Jesus, porque verdadeiras. Diante da verdade, depois de tê-la procurado e estar consciente dela, urge construir a sua casa. Como disse Jesus: “pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus, 16: 18).

Com os bens celestiais disponibilizados, mediante trabalho e esforço, devemos, pouco a pouco, construir a nossa casa. Uma morada interior bem construída guarda-nos das intempéries e das tempestades, livra-nos dos malfeitores, dá-nos sossego e paz. 

O verdadeiro cristão consola-se nas provações, livra-se das emboscadas dos Espíritos maléficos, tem calma, coragem e fortaleza para vencer as montanhas de dificuldades da vida. Assim, construa a sua casa sobre a rocha, pela busca da verdade divina que liberta a alma, que salvaguarda, traz paz, tranquilidade e estabilidade nas coisas da vida terrestre.

Bibliografia:

BÍBLIA SAGRADA.

KARDEC, Allan; tradução de Guillon Ribeiro. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 1ª Edição. Brasília/DF: Federação Espírita Brasileira, 2019.

MOURA, Marta Antunes de Oliveira. Estudo aprofundado da doutrina espírita: Ensinos e parábolas de Jesus – Parte II. Orientações espíritas e sugestões didático-pedagógicas direcionadas ao estudo do aspecto religioso do Espiritismo. 1ª Edição. Brasília/DF: Federação Espírita Brasileira, 2016.

SCHUTEL, Cairbar. Parábolas e Ensino de Jesus. 28ª Edição. Matão/SP: Casa Editora O Clarim, 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close