No princípio era o Verbo

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. (João, 1: 1)

“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1: 14).

“Nenhuma expressão fornece imagem mais justa do poder daquele a quem todos os Espíritos da Terra rendem culto do que a de João, no seu Evangelho ‘No princípio era o Verbo’…” (Emmanuel. A ascendência do Evangelho)

“… ‘o Verbo era Deus e estava com Deus’. Deus é amor e vida e a mais perfeita expressão do Verbo para o orbe terrestre era e é Jesus, identificado com a Sua Misericórdia e Sabedoria, desde a organização primordial do planeta. Visível ou oculto, o Verbo é o traço da Luz divina em todas as coisas e em todos os seres, nas mais variadas condições do processo de aperfeiçoamento”. (Emmanuel. O Consolador)

“Aprendamos a sentir com amor, a fim de que venhamos a pensar com justiça e a falar para o bem. O próprio Testamento divino assegura que ‘no princípio era o verbo’. Depois do amor e da justiça do Criador, apareceu a expressão verbal como fermento vivo da Criação. Em todos os avisos da caridade não nos esqueçamos da boa palavra que socorre e ilumina sempre. Para usá-la com segurança, não é preciso assumas posição compulsória de santidade, transformando a frase em látego de chamas sobre os enganos que ainda entenebrecem o roteiro do próximo. Basta que a tua diligência no bem se faça incessante”. (Emmanuel. Fermento verbal)

Naqueles tempos, o povo sempre cercava Jesus atraído pelo magnetismo do seu verbo e cativado pelas amorosas vibrações da sua personalidade iluminada. Muitos escutavam a palavra do Cristo, entretanto, poucos eram os que realmente colocavam a lição nos ouvidos. Jesus não se reportava a letra morta, mas ao verbo divino criador que deve penetrar o ser, limpar o seu coração e iluminar a sua alma.

Jesus é o Diretor angélico do orbe terrestre, portador da mais perfeita expressão da Palavra de Deus, identificado com a Sua Misericórdia e Sabedoria, desde a organização primordial do planeta, em que nada foi feito sem Ele. Jesus é o guia, o modelo da Humanidade terrestre, o caminho, a verdade e a vida, pois ninguém chega ao Pai senão por Ele. A sua luz imperecível brilha sobre os milênios terrestres pelo verbo do princípio como semente das palavras de vida eterna.

Bibliografia:

BÍBLIA SAGRADA

EMMANUEL (Espírito). Saulo César Ribeiro da Silva (Coordenação). O Evangelho por Emmanuel: comentários ao evangelho segundo João. 1ª Edição. Brasília/DF: Federação Espírita Brasileira, 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close